Anúncios

João Dória defende o pacto federativo e se solidariza com o Congresso

PEC em tramitação acaba coma prescrição de crimes de feminicídio e estupro
Votação do afastamento de Wilson Santiago será nesta quarta-feira
Rodrigo Maia dificultará a vida de Abraham Weintraub

O governador de São Paulo, João Dória (PSDB), esteve hoje em Brasília onde teve encontros com o o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados e com o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente do Senado. Na saída da reunião com Maia, João Dória concedeu uma entrevista coletiva, explicando que tratou com o presidente da Câmara do apoio do estado de São Paulo à reforma tributária e do pacto federativo. Ele também criticou a posição do presidente Jair Bolsonaro, no episódio do ICMS dos combustíveis, dizendo que “Não cabe a um presidente da República emparedar e colocar governadores de Estado em confronto com a opinião pública”.

O governador também prestou solidariedade ao Congresso devido aos recentes ataques de Jair Bolsonaro ao legislativo.  Dória também fez uma forte crítica a declaração que o presidente Jair Bolsonaro que afirmou que as eleições de 2018 foram fraudadas, e que ele teria ganho em primeiro turno. Para Dória “as eleições foram soberanas, livres, e absolutamente confiáveis” e “se o presidente não confia na própria eleição, ele que participe de outra eleição, antecipemos as eleições. Fazemos as eleições para Presidente da República junto com as eleições de prefeitos, vereadores”.

Veja a íntegra da coletiva:

 

Authors

Anúncios