Anúncios

Justiça libera 15,9 milhões de ações da JBS

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Justiça libera 15,9 milhões de ações da JBS

Governo envia Lei da quarentena hoje
Novo salário mínimo já está em vigor
Afastamento do deputado federal Wilson Santiago terá votação aberta

A Justiça Federal de São Paulo acatou um pedido feito pela defesa dos empresários Joesley e Wesley Batista e avalizou o desbloqueio de 15,9 milhões de ações da empresa JBS. A providência foi tomada após ocorrer a valorização de preço médio dos papeis do grupo no mercado financeiro.

Os irmãos Batista tiveram R$ 307.4 milhões bloqueados pela Justiça em duas ações penais nas quais eles respondem por crimes financeiros e pelo uso de informações privilegiadas decorrentes de suas próprias delações premiadas em transações que foram feitas no mercado.

Em 2017, quando o bloqueio foi estabelecido, o valor era de cerca de 27,4 milhões de ações da JBS. Atualmente, com os papeis do grupo valorizados, a quantia bloqueada é de 11,5 milhões de ações.

Diego Paes Moreira, juiz Federal da 6ª Vara Criminal de São Paulo, retirou o bloqueio das 15,9 milhões de ações provenientes de uma conta da FB Participações e estabeleceu que os empresários apresentem, de dois em dois meses, o indicativo dos valores para que o bloqueio judicial seja atualizado.

O juiz já havia atendido a outro pedido dos empresários no início do mês, autorizando viagem dos irmãos para fora do Brasil. Porém, o magistrado negou que os Wesley e Joesley voltassem a ter cargos de direção nas empresas do grupo J&F.

Authors

Anúncios