Anúncios

Lava Jato prende ex-secretário nacional de justiça

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Lava Jato prende ex-secretário nacional de justiça

Polícia Federal investiga pagamento de propina para barrar fiscalização da Receita
Alexandre de Moraes é alertado sobre um possível ataque terrorista contra ministros do STF
Polícia Federal apreende ônibus de mulheres do MST

Uma nova fase da Operação Lava Jato do Rio de Janeiro foi deflagrada na manhã de hoje. Um dos alvos é Astério Pereira dos Santos (foto).  Ele foi secretário nacional de Justiça durante o governo de Michel Temer, além de ter sido secretário estadual de Administração Penitenciária durante o governo de Rosinha Garotinho no Rio de Janeiro.

A operação investiga um suposto esquema de pagamento de propina na Secretaria de Administração Penitenciária do Rio que teria sido montado por Astério dos Santos e pelo empresário Carlson Ruy. Entre os principais beneficiários do esquema, estariam integrantes do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro.

Ao todo, a Polícia Federal cumpre 32 mandados de busca, 6 mandados de prisão preventiva e mais 3 de prisão temporária, autorizados pelo juiz federal Marcelo Bretas.

Authors

Anúncios