Anúncios

Projeto na Câmara permite que lei municipal reduza faixa não edificável ao lado de rodovias

Projeto na Câmara permite que lei municipal reduza faixa não edificável ao lado de rodovias

Afastamento do deputado federal Wilson Santiago terá votação aberta
Senadores buscam o protagonismo no debate sobre a prisão em 2ª instância
PEC em tramitação acaba coma prescrição de crimes de feminicídio e estupro

Um Projeto de Lei em discussão na Câmara dos Deputados, que já foi aprovado no Senado, quer permitir que uma lei municipal reduza as faixas ao longo de rodovias e ferrovias nas quais são proibidas a construção de edifícios. O texto do Projeto de Lei 693/19 altera a Lei do Parcelamento do Solo Urbano.

A lei atual obriga a reserva de faixa não edificável de 15 metros de cada lado de ferrovias e rodovias. De acordo com a proposta do senador Jorginho Mello (PL-SC), uma lei que aprove o plano diretor dos municípios e do Distrito Federal poderá reduzir a faixa até o limite de 5 metros.

O texto prevê que a nova regra não afetará edificações que tiverem sido construídas até julho de 2018, às margens de ferrovias e rodovias que atravessem perímetros urbanos.

O projeto ainda mantém uma reserva de faixa não edificável de ao menos 15 metros às margens de lagos, lagoas, rios e açudes.

A proposta terá de ser analisada pelas comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, de Viação e Transportes, de Desenvolvimento Urbano, e de Constituição e Justiça e de Cidadania, antes de ser votada no Plenário da Câmara.

As informações são da Câmara dos Deputados.

Authors

Anúncios